Autorretrato com um macaco, 1940, Frida Kahlo

Autorretrato com um macaco 1940 Frida Kahlo

A obra de Frida Kahlo, uma das artistas mais extravagantes do século XX, atrai a atenção dos amantes da arte por sua originalidade e jogo de cores. O difícil destino de Frida deixou marcas não apenas em seu estilo de desenho, mas também na escolha das cenas para as pinturas. Após um terrível acidente de carro, que a obrigou a ficar deitada por muito tempo, Kahlo decidiu aprender artes plásticas. Ela pintou suas pinturas em uma maca que estava presa à cama.

O gênero favorito de Frida era o autorretrato: ela passava muito tempo se olhando no espelho e analisando seu próprio sofrimento físico e mental, transferia para a tela o que via. Assim surgiu a imagem de Frida Kahlo. Frida Kahlo, Auto-retrato com macaco 1940, com uma descrição que convidamos a conhecer.

A tela mostra uma jovem com um macaco espreitando por trás do ombro direito. O fundo dos modelos são densos arbustos com grandes folhas verdes escuras. Pode-se supor que “Auto-Retrato com Macaco” é mais uma imagem cerimonial, já que Frida Kahlo se desenhou em roupas elegantes decoradas com uma borda dourada. A expressão no rosto da mulher é severa e solene, o olhar é direcionado para o espectador, mas ao mesmo tempo é direcionado para dentro. Seu cabelo preto luxuoso está arrumado em um penteado estranho, decorado com uma fita vermelha brilhante, como um amuleto em volta do pescoço de Frida e conectando-o a um macaco. O animal agarrou sua dona com as patas, como se buscasse proteção dela.

Na pintura de Frida Kahlo “Auto-Retrato com Macaco” de 1940, como em outras obras dessa artista, há simbolismo. Dois anos após o acidente, ela conheceu o famoso artista Diego Rivera, que tinha quase o dobro de sua idade. O relacionamento deles era muito complicado: Rivera estava frequentemente ausente de sua casa, o que deu a Freida motivo de ciúmes. A artista jogou sua angústia mental na tela, retratando-se cercada por animais de estimação: os macacos e cães Changito de Xolotl. A fita que enfeitava seus cabelos e procurava os animais simbolizava não apenas a conexão entre eles e a anfitriã, mas também combinava com eles, mas também enfatizava a solidão de Frida Kahlo.

Frida Kahlo “Autorretrato com Macaco”, escrito em 1940 no gênero de arte popular, é uma dessas telas que conta ao espectador sobre uma mulher solitária que não perdeu as forças. Críticos de arte, admiradores do talento da artista e verdadeiros conhecedores de arte consideram este quadro um dos melhores autorretratos de Kahlo, criado por ela no período maduro da criatividade.

Scroll to Top